Compartilhe
facebook twitter gplus

Refúgios no Brasil para se desconectar

01/06/2021

Embora diversas paisagens do Atlântico estampem alguns dos seus cartões-postais mais bonitos, nem só de  praia vive o Brasil. Com natureza múltipla e cenários que se contrastam entre si, o país é dono de paisagens que vão além do mar e roubam a cena não só na América do Sul. Verdadeiro mosaico de ecossistemas, o destino ainda é capaz de oferecer uma série de jornadas autênticas, repletas de paixão por belezas naturais quase intocadas e que se estendem por toda a costa revelando o que há de mais bonito e surpreendente nessa parte do mapa. 

O visual é de contrastes: da vegetação baixa e rasteira do Cerrado aos recortes do Pantanal Sul ou das formações geológicas dos majestosos cânions e das quedas d’águas em Cataratas do Iguaçu e à região serrana do Rio de Janeiro que tem um pano de fundo coberto por montanhas e vistas verdes. Some a tudo isso hotéis cheios de charme integrados perfeitamente ao ambiente natural e o resultado é um só: refúgios imersos na natureza ideais para quem busca dias de tranquilidade longe das grandes metrópoles.

Pousada Trijunção
Cerrado

Na Pousada Trijunção, a integração com a natureza do Cerrado é garantida. Localizada no marco que divide os estados de Minas Gerais, Goiás e Bahia, a propriedade tem a missão de apoiar a redescoberta do Cerrado e ainda estimular a preservação do destino. Suas acomodações - algumas com varanda particular -, têm decoração marcada pelo artesanato local e design contemporâneo, aliados perfeitamente ao estilo rústico que é a cara da região.

Por lá, a gastronomia também não decepciona: há churrascos, piqueniques e cafés da manhã frequentemente acompanhados de músicas locais tocadas ao vivo, além de um restaurante dedicado à combinação dos sabores dos três estados que marcam a localização da pousada. Também chama atenção a seleção de atividades para que os hóspedes explorem os arredores - a lista inclui observação de aves, observação das estrelas, focagem noturna de jacarés em passeios de caiaque, eco-safari noturno, passeio de caiaque pelo Rio Formoso, passeios de bike, visita aos parques nacionais e uma série de opções que permitem desbravar o que há de mais interessante a partir dos melhores ângulos.
 

Refúgio Ecológico Caiman
Pantanal Sul-Mato-Grossense

Para uma completa e verdadeira imersão nas paisagens do Pantanal Sul-Mato-Grossense, o Refúgio Ecológico Caiman faz total jus ao nome quando falamos em nos refugiarmos na natureza. Inserido nos cenários pantaneiros, em perfeita harmonia com as belezas que o cercam, a propriedade se divide em diferentes acomodações, que têm em comum, além dos serviços de excelência em ecoturismo, a sensação de privacidade e aconchego, o panorama do destino emoldurando as vistas e o estilo clássico das grandes fazendas.

Além de todo o conforto proporcionado ao hóspede, a propriedade conta com uma ampla programação para estreitar o contato dos viajantes com o que há de mais bonito no Pantanal: com guias especializados na fauna e flora local, atividades como safáris fotográficos, passeios para conhecer o estilo de vida local, focagem noturna de animais selvagens, caminhadas ecológicas, passeios de canoa, biking e observação de aves são algumas opções superbacanas para serem encaixadas no roteiro.

Hotel das Cataratas, a Belmond Hotel
Foz do Iguaçu

As vistas que se tem do Belmond Hotel das Cataratas não são os únicos destaques da propriedade. Além de ser marco icônico brasileiro, com projeto influenciado pela arquitetura portuguesa que remete ao estilo das fazendas coloniais, o hotel, inaugurado na década de 1950, é o único instalado dentro do Parque Nacional Iguaçu - o que, por si só, já faz dele ponto de partida para explorar as principais belezas do destino e ainda com horário de acesso exclusivo aos hóspedes.

Com sua emblemática fachada cor de rosa, que se tornou patrimônio histórico e graças a isso não pode ser alterada, o hotel ainda revela traços arquitetônicos originais que reforçam a presença das características clássicas na sua estrutura. Suas acomodações estão de frente para as quedas d’águas ou para a vegetação exuberante das florestas, mobiliadas ainda com itens coloniais e elementos tropicais que complementam o charme do ambiente. Além das inúmeras atividades proporcionadas pelo hotel fora das suas instalações, como voo de helicóptero sobre as cataratas, caminhadas ao nascer do sol e passeios noturnos liderados por biólogos experientes, vale ainda reservar um tempo para apreciar a gastronomia dos seus restaurantes, como o Ipê que se dedica ao churrasco brasileiro, e relaxar com os tratamentos de bem-estar realizados no spa. 
 

Parador Cambará do Sul
Cambará do Sul

Para se conectar com a verdadeira essência de Cambará do Sul. Com projeto arquitetônico inspirado nos lodges africanos, mas sem deixar de valorizar as paisagens ao redor que o emolduram, o Parador Cambará do Sul está localizado em uma das regiões mais frias do Brasil, o que faz com que seu design e atmosfera sejam acolhedores e aconchegantes. Próximo aos maiores cânions do Brasil, o hotel conta com vistas incríveis da serra gaúcha, que podem ser contempladas dos quartos projetados de frente para os campos ou para o Rio Camarinhas.

​Prezando pela privacidade do hóspede, as acomodações ainda ostentam design arrojado, decks privativos e projeto totalmente integrado à natureza. Na cozinha, ingredientes frescos compõem o menu sazonal, que pode ser harmonizado com rótulos de vinhos produzidos em vinícolas da Serras Gaúchas e Catarinenses. As experiências de estadia ficam ainda mais interessantes com a lista de atividades de conexão com a natureza, que inclui passeios a cavalo, trekking acompanhado de guias especializados, passeios de bike ou quadriciclos, voos de balão e piqueniques em meio às paisagens naturais.

Pousada Tankamana
Região Serrana do Rio de Janeiro

Refúgio repleto de charme, romance, tranquilidade e privacidade. Na Pousada Tankamana, a 25 minutos do centro de Itaipava, em Petrópolis, a natureza verde é que dita o ritmo. Tendo como pano de fundo as montanhas e a Mata Atlântica, o que garante vistas privilegiadas das amplas janelas, a propriedade conta com apenas 16 chalés perfeitamente sintonizados com as paisagens ao redor - seus designs projetados com elementos em madeira reforçam o estilo dos chalés das montanhas e levam para dentro das acomodações a inspiração vinda da natureza.

Na gastronomia, os sabores privilegiam itens frescos colhidos na horta agroecológica da própria pousada ou vindos de pequenos produtores da região. As experiências incluem piquenique nas montanhas, trilhas pela mata, aulas de fotografia da natureza, observação de aves e aulas na horta.


Fale com um consultor Teresa Perez e embarque com a gente experiências de natureza do Brasil!

0 Comentário