Compartilhe
facebook twitter gplus

Viaje sem sair de casa: Cosmic Garden

06/04/2020

Este é um momento para cuidarmos um do outro, para estarmos com a família e aquietarmos a mente. Para viajar, nem sempre precisamos sair de casa. No projeto Viaje Sem Sair de Casa, reunimos conteúdos superbacanas para você aproveitar com a família. Que tal conhecer o que cada destino tem de mais interessante? Da gastronomia a dicas de filmes e livros - tudo o que você precisa pra curtir um pedacinho do mundo na sua própria casa e conhecer outros lugares sob novas perspectivas. Boa viagem!

 

Cosmic Garden: o vídeo documentário da instalação de Sandra Cinto na Fundação Hermès, em Tóquio

"Acredito que a arte é uma maneira de conectar as passoas consigo mesmas e, talvez, através dessa reconexão, as possibilitem encontrar algo profundo e misterioso lá fora!. Sandra Cinto. 

Para esta exposição na Ginza Maison Hermès Le Forum, em Tóquio, a artista brasileira Sandra Cinto criou uma instalação que envolve superposições abstratas dos fluxos da vida e do tecido cósmico do espaço-tempo, trabalhando com gradações de azul que representam simbolicamente o universo. As obras foram produzidas em colaboração com vários artistas com quem Sandra tem laços estreitos, e o processo de desenhar ao longo de vários dias envolveu um ritmo reiterativo e ondas de atividade que uniram mutuamente os participantes na meditação, produzindo características que ressoam no espaço expositivo.

Cosmic Garden incentiva os espectadores a se envolverem em diálogos internos. É uma experiência imersiva, guiada por ritmos que emergem de uma riqueza de detalhes íntimos e requintados, que eventualmente transformam o espaço em um jardim que transcende o tempo. Ao oferecer um tempo de repouso no abismo cósmico do espaço profundo, Cinto mostra uma postura fundamental de resistência silenciosa contra a instabilidade da sociedade contemporânea.

Crédito: Sandra Cinto, Installation view of "Cosmic Garden", Le Forum, 2020 © Nacása & Partners Inc./Courtesy of Fondation d'entreprise Hermès

Sobre a artista

Ao longo de sua carreira Sandra Cinto criou inúmeras instalações relacionadas aos espaços, consistindo principalmente em desenhos com motivos de estrelas, cristais e ondas. No Japão, ela expôs no Toyota Municipal Museum of Art (2008) e concluiu residência no Aomori Contemporary Art Centre da Aomori Public University (2015), além de ter realizado exposições individuais no Brasil, Estados Unidos, Espanha e outros países. Sua produção também contempla arte pública, incluindo murais para o Olympic Sculpture Park, administrado pelo Seattle Art Museum, em Seattle, EUA. Também gerencia o Ateliê Fidalga, junto com seu parceiro Albano Afonso, e está ativamente engajada em intercâmbios artísticos, como exposições e residências no Brasil e no exterior. 

Clique aqui para conhecer o trabalho da artista na Casa Triângulo.

0 Comentário