Compartilhe
facebook twitter gplus mail

5 exposições para visitar em Londres em 2020

07/11/2019

Na Europa, a cena cultural é uma atração incontestável. E na Inglaterra não é diferente: Londres, por exemplo, é a capital que transita entre a vanguarda e o futuro. Todos os anos a cidade é sempre dona de diversas atrações voltadas para a arte e em 2020 não poderia ser diferente - de Pablo Picasso a Andy Warhol, selecionamos cinco exposições na capital da Inglaterra que você não pode perder no ano que vem.


Picasso e Papel
Academia Real de Artes
25 janeiro a 13 abril 2020

No comecinho do ano, a Royal Academy of Arts irá apresentar a exposição mais abrangente dedicada aos trabalhos de Pablo Picasso utilizando o papel como protagonista, reunindo mais de 300 obras e envolvendo toda a grandiosa carreira de 80 anos do artista espanhol. A inovadora exposição irá explorar as diferentes formas pelas quais Picasso trabalhou no papel que, para ele, era muito mais do que um material de estudo ou ensaio: Pablo criava de tudo, desde toalhas de mesa de café e papéis antigos a recortes de jornais, desenvolvendo esculturas com pedaços de papel rasgado e queimado, montando colagens e passou décadas criando uma série de técnicas de gravura. A exposição vai durar quatro meses e ficará até abril na Academia Real de Artes.

Royal Academy of Arts em Londres, onde acontecerá a exposição "Picasso e Papel"

Andy Warhol
Tate Modern
12 março a 6 setembro de 2020

Andy Warhol não foi apenas um pintor e cineasta norte-americano, foi a maior figura do movimento Pop Art que o mundo já conheceu. Em Londres, durante os meses da primavera e do verão, a Tate Modern - o Museu Nacional de Arte Moderna do Reino Unido -, vai inaugurar uma ousada exposição sobre o célebre artista, que contará a história de como um homem tímido nascido em Pittsburg, nos Estados Unidos, se tornou rapidamente uma das mais importantes figuras do século 20. Na expo, os visitantes poderão entender a forma como seus trabalhos capturaram as contradições da sociedade norte-americana. Dentre os mais icônicos estarão Marilyn Monroe, Campbell's Soup Cans e Coca-Cola, além de um ambiente multimídia do Exploding Plastic Inevitable.

Artemisia
National Gallery
4 abril a 26 julho de 2020

Essa exposição é inédita do Reino Unido, e vai revelar detalhes da vida de uma das pintoras mais famosas do século 17, a italiana Artemisia Gentileschi. Numa época em que artistas mulheres não eram aceitas facilmente pela sociedade, ela conseguiu se tornar a primeira mulher membro da Accademia delle Arti del Disegno em Florença, na Itália, e por ter aproveitado uma carreira longa e bem-sucedida, com mais de quarenta anos de idade. Com apenas 17 anos, ela produziu uma de suas obras mais famosas, a “Susana e os Anciões”, mas, devido à pouca idade e ao preconceito da época, o grande público acreditou que ela teria recebido a ajuda do pai. O trabalho estará na expo “Artemisia”, que acontecerá na National Gallery e reunirá aproximadamente 35 obras da artista de instituições públicas e coleções particulares do mundo inteiro.

Tate Modern, o Museu de Arte Moderna

Alice no País das Maravilhas
V&A
27 junho 2020 a 10 janeiro 2021

Uma das histórias icônicas de todos os tempos, da menina que vai parar em um mundo paralelo e surreal escrita por Lewis Carroll, é o tema da exposição “Alice no País das Maravilhas, que acontecerá durante o verão inglês no museu Victoria & Albert. A experiência promete uma jornada imersiva e alucinante pela toca do coelho, explorando o fenômeno global da personagem Alice através da literatura, arte, cinema, performance musical e moda, e na extravagância musical da displays multimídia. Com detalhes sobre a origem, adaptações e releituras ao longo dos seus quase 160 anos, a expo vai exibir sua evolução desde o manuscrito até um fenômeno global amado e admirado por diversas gerações.

Bienal de Design de Londres 2020
Somerset House
8 a 27 setembro 2020

Com sua diversidade cultural e intrigante harmonia entre aristocrático e moderno, arrojado e conservador, Londres não poderia deixar de sediar uma bienal de arte. A London Design Biennale é uma reunião global de designers, criadores e empresas de design mais imaginativas e criativas do mundo. A bienal acontecerá na Somerset House, bem no centro da cidade, e incentivará debates e trocas de ideias sobre o impacto do design na cultura contemporânea, explorando seu potencial como uma ferramenta transformadora e msotrando seu poder de inspirar, informar e entreter. A premiada Es Devlin foi nomeada Diretora Artística para 2020 e escolheu 'Ressonância' como tema. Com trabalhos nos mundos da música, arte e tecnologia – muitos feitos para cantores como Beyoncé, U2 e Adele -, a artista é conhecida por criar esculturas performáticas em grande escala.

Páteo do museu Victoria & Albert, sede da exposição sobre a obra do escritor Lewis Carroll
0 Comentário