Compartilhe
facebook twitter gplus mail

De Cienfuegos a Havana: um cruzeiro por Cuba

28/09/2018
Viagem será feita a bordo do sofisticado iate Seadream II
A charmosa Cienfuegos é famosa pela sua arquitetura colonial

Cuba é um país que está em constante renovação e, podemos dizer sem sombra de dúvidas, que já se transformou em um dos destinos mais emocionantes do Caribe. Repleto de cores, vida e musicalidade, o país vive um momento de abertura para o mundo, sem perder sua essência. O roteiro será feito pela companhia Seadream e terá a duração de sete dias, com saída marcada para 18 de março de 2019, e com chegada à Havana no dia 25 de março. O iate fará cinco paradas pelo país, e proporcionará a visita a centros históricos, como na cidade colonial de Trinidad, e a ilhas paradisíacas, como na Ilha da Juventude, famosa pela prática de mergulho e pela beleza incontestável do seu mar azul-turquesa. Sem contar o a última parada, Havana, uma cidade de contrastes, que une a essência cubana e transmite a sensação de ter parado no tempo. Confira todos os highlights da viagem.

 

Cienfuegos
A arquitetura da pequena cidade de Cienfuegos é sua principal atração. Colonizada por franceses no século 19, conta com construções históricas coloridas, totalmente preservadas, exibindo seu estilo colonial. O seu Centro Histórico é hoje Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, servindo como exemplo de planejamento urbano. Outras atrações incluem o castelo Castillo de Nuestra Señora, catedrais católicas históricas, jardins botânicos, uma fábrica de charutos e a Universidade de Cienfuegos.

 

Trinidad
Na bela cidade de Trinidad, o centro histórico também é Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco e foi completamente restaurado e se mantém preservado. A cidadezinha é bastante procurada pela alegria: na vida noturna, os bares e restaurantes são alegres tendo, na maioria deles, música ao vivo. As ruas são outra atração e praticamente um museu a céu aberto. Suas ruas são feitas de paralelepípedo, um belo contraste às construções coloniais.

 

Cayo Largo
Ilha paradisíaca com cara de resort, também é conhecida como Cayo Largo del Sur. É a maior das 300 ilhas do Arquipélago de Canarreos, mesmo assim, não possui população fixa, mantendo a atmosfera intimista. Das praias, a Playo Sirena e a Playo Paraiso são as mais belas. Com apenas um quilômetro separando as duas costas, pode-se experimentar a caminhada entre elas durante a maré baixa. Isso, com a belíssima vista do Mar do Caribe, com suas águas extremamente claras e belas.

 

Ilha da Juventude (Isla de la Juventud)
A segunda maior ilha de Cuba também é muito conhecida entre os mergulhadores como a “Ilha do Tesouro”. Isso, porque reza a lenda que foi território bastante frequentado por piratas no passado. Na ilha, fica localizado o quase intocado Parque Nacional Marinho de Punta Frances, ótimo para mergulhar e avistar seus belos corais. Também é possível desfrutar de belas praias de areia preta.

 

Maria La Gorda
A penúltima parada será na Maria La Gorda, um paraíso para os amantes de mergulho. Parte da província cubana ocidental de Pinar del Rio, a ilha é repleta de belezas naturais exuberantes, com pássaros nativos e vida marinha abundante. As águas cristalinas são ideais para praticantes experientes e iniciantes de snorkel. Experimentar o pôr do sol em Maria La Gorda é uma experiência idílica e espetacular.

 

Havana
Última parada do roteiro SeaDream, Cuba se destaca pela história e cultura singulares. Capital do país, Havana é uma cidade de contrastes, que une a essência do país e dá a sensação de que ali o tempo parou. Os monumentos históricos dos séculos 16 e 17 se mantém perfeitamente preservados, somados à arquitetura colonial surpreendente. Uma aula de História em cada esquina. Sua população é simpática e receptiva, proporcionando momentos memoráveis pela capital cubana.

0 Comentário

Comentários com conteúdo impróprio e/ou spam poderão ser removidos.