Compartilhe
facebook twitter gplus

Parques Nacionais no Brasil

04/09/2020

Para muitas pessoas, o período de isolamento redobrou a vontade de viajar, principalmente a lugares protagonizados por paisagens naturais, sejam elas em praia, sejam elas em campo. São cenários que o Brasil tem de sobra e que, além de reconectarem as energias, estampam alguns dos cartões-postais mais bonitos do país. Os parques nacionais são um bom exemplo das riquezas que a natureza brasileira tem a oferecer. Nessas áreas dedicadas à preservação ambiental, a lista de atrativos é superbacana: dos visuais encantadores às atividades ecoturísticas perfeitas para explorar o que há de mais interessante na natureza do destino. 

Para você se inspirar em futuras viagens, selecionamos três parques nacionais no Brasil que são a cara da natureza:

Parque Nacional Grandes Sertões Veredas - Minas Gerais
Não é à toa que o lugar inspirou Guimarães Rosa a um dos clássicos mais famosos da literatura. Na divisa da Bahia com Minas Gerais, o Parque Nacional Grandes Sertões Veredas, que recebeu o nome graças à icônica obra do autor, está na maior savana tropical do continente, guardando uma biodiversidade impressionante formada por quase 5 mil espécies de animais, muitas delas em extinção, como o lobo-guará,  e mais de 13 mil tipos diferentes de plantas. 

Marcado pelo estilo do Cerrado, segundo maior bioma brasileiro, o lugar ostenta, além do clima tropical sazonal, uma vegetação baixa e rasteira, lar de uma fauna e flora incomparável que se distribui em mais de 230 mil hectares. Por lá, trilhas levam a descobertas de cachoeira e rios, além de permitirem a observação de aves e a contemplação de belezas raras. 

Onde ficar
Pousada Trijunção
Referência de ecoturismo, a Pousada Trijunção proporciona uma série de experiências para desbravar o que há de melhor no destino. As atividades incluem passeios guiados de bike, navegações em barcos ou caiaque, safáris noturnos, observação de pássaros e estrelas, focagem noturna de jacarés e visita a diversos projetos de preservação ambiental. A pousada ainda oferece acomodações inspiradas nas belezas locais e que privilegiam o conforto do hóspede após um dia repleto de aventura.

Parque Nacional de Anavilhanas - Amazônia
No estado do Amazonas, a mais ou menos 100 quilômetros de Manaus, o parque está localizado em Anavilhanas, um dos maiores arquipélagos fluviais do mundo e ainda declarado pela Unesco como Patrimônio Mundial. Suas paisagens são marcadas por uma imensidão de verde que, além da vida animal diversificada, abriga uma vegetação para lá de abundante. Nesse verdadeiro paraíso natural, os destaques ficam por conta do Rio Negro, das suas praias de água doce que emergem à superfície na época de seca e pelas florestas de igapós gigantes, além do Flutuante dos Botos onde os visitantes conseguem interagir com a espécie no seu próprio habitat natural. 

Fora o visual deslumbrante da natureza amazônica, a reserva também garante boa estrutura para os amantes de ecoturismo se divertirem. Dentre o que há de mais interessante: voo de hidroavião para avistar as belezas florestais das alturas, trilhas, canoagem, passeios de barco e visitas às comunidades locais para estreitar o contato com as tradições da região.

Onde ficar
Anavilhanas Jungle Lodge 

O Anavilhanas Jungle Lodge é uma excelente opção de hospedagem para quem, mesmo enquanto descansa, não pretende ficar longe da natureza. Perfeitamente integrado às maravilhas da região, conta com acomodações emolduradas pelas paisagens verdes, todas inspiradas nos cenários ao redor. O hotel ainda proporcionam uma gama de experiências para curtir o que há de mais incrível no destino e apreciar, de todos os ângulos, a autenticidade da Amazônia.

Mirante do Gavião Amazon Lodge
Em perfeita harmonia com a natureza, o Mirante do Gavião Amazon Lodge ostenta um projeto de design sustentável que alinha conforto, charme e estilo. As belezas naturais marcam os seus arredores e há mirantes instalados no próprio hotel para se contemplar as paisagens verdes que o cercam. As suítes têm varandas particulares e vistas das florestas, enquanto, na gastronomia, contemporaneidade e sabores locais são privilegiados. 
 

Parque Nacional Jericoacoara - Ceará
Que as belezas do nordeste impressionam, não há dúvidas. A começar pelas praias e pelo clima tropical que tanto combina com essa atmosfera de desconexão. No Ceará não poderia ser diferente e o Parque Nacional Jericoacoara é um dos melhores exemplos da sua natureza genuína. Criado em 2002 com o intuito de proteger os ecossistemas costeiros, essa área preservada incentiva o desenvolvimento de pesquisas, além de apoiar ações voltadas à educação ambiental e promover o ecoturismo. 

Em uma área de quase 9 mil hectares, o parque tem como principal ícone a Pedra Furada, uma formação rochosa à beira-mar que compõe uma das paisagens mais bonitas e emblemáticas do Ceará. Vale ainda descobrir as belezas dos seus manguezais e das lagoas temporárias, além de investir em passeios pelas dunas ou relaxar à frente do mar para curtir a vibe praiana.

Onde ficar
Vila Kalango

A pousada Vila Kalango está à beira-mar e em perfeita harmonia com a paisagem endêmica, cercada por uma vegetação que contribui com a sensação de imersão à natureza. O lugar ainda privilegia materiais locais na arquitetura, além de se dedicar à preservação do meio ambiente privilegiando luminosidade natural, processos de reciclagem e gastronomia com ingredientes de horta própria. A pousada ainda conta com uma série de atividades para quem deseja aproveitar as águas de Jericoacoara, como práticas de windsurf, surf e kitesurf. Em terra, os destaques ficam por conta das caminhadas, dos passeios de bike e a cavalo e dos tratamentos relaxantes proporcionados pelo spa.

 

0 Comentário