Compartilhe
facebook twitter gplus mail

A essência do Butão traduzida em hospedagem

15/05/2017
Amankora Punakha, instalado em uma tradicional casa butanesa
Suíte Amankora Thimphu: madeira predomina no ambiente.

Por Erik Sadao, editor da The Traveller


Alguns hotéis são capazes de assimilar a essência de um país, a ponto de transformar a experiência de hospedagem em algo que complementa o entendimento da sua cultura. No Reino do Butão, os hotéis Amankora seguem a filosofia que adoramos da Aman Resorts, projetados com base no conceito de luxo essencial. Até por isso, estão instalados em prédios históricos localizados em vales cortados por rios cristalinos e em parques com vista para os Himalaias, nas cidades de Thimphu, Paro, Phunakha, Bhumtang e Gangtey.

Como estamos falando da Terra da Felicidade, onde os seguidores do budismo tibetano fazem pedidos para si de coisas que somente pediriam para os outros, todos os cinco hotéis Amankora têm quartos exatamente iguais, onde o uso de madeira, concreto e vidro dá vida a espaçosos banheiros com lareira à base de lenha e confortáveis áreas para leitura e descanso.

Tudo isso com o alto padrão de serviços Aman, rede de hotéis mundialmente reconhecida como uma das melhores do mundo. Ter a sensação de estar hospedado no “mesmo quarto” faz toda diferença durante a inevitável imersão na apaixonante cultura deste pequeno país. Retornar de uma expedição em um vale cinematográfico como Phunakha, ou de um trekking ao famoso Tiger’s Nest, em Paro, para uma noite de sono revigorante em um dos hotéis Amankora nos dá a impressão de que estamos retornando para casa, onde o essencial é o nosso aprendizado e a nossa experiência.

Conteúdo extraído da segunda edição da revista The Traveller, que chega às bancas em 26 de maio. 

Punakha Dzong, palácio na confluência dos rios Pho Chhu e Mo Chhu, em Punakha
0 Comentário

Comentários com conteúdo impróprio e/ou spam poderão ser removidos.