Compartilhe
facebook twitter gplus mail

O charme sulista de Charleston

18/02/2019

Saiba por que a cidade foi eleita a melhor dos Estados Unidos para se visitar

Por Juliana A. Saad.* Especial para a The Traveller


A encantadora lowcountry city da Carolina do Sul, com seu sotaque arrastado, distritos antigos, belo casario, plantation houses, comida boa e simpatia, fica em uma península e tem suas raízes arraigadas na paisagem histórica do sul dos Estados Unidos. Sua cena fervilhante é um convite a dias deliciosos entre galerias, mercados, museus e parques. Charretes, bikes, pontes e barcos conduzem a imersões culturais. E os restôs, bares, boutiques, destilarias e hotéis fazem jus ao hype local, uma versão elegante do charme sulista. Não à toa, a cidade conquistou o cobiçado primeiro lugar no Top Cities EUA do World’s Best, ranking definido pelos leitores da revista Travel + Leisure.

 

Museus 
E o Vento Levou... Valerie Perry é uma escritora e historiadora que dirige a Aiken-Rhett House, uma casa-museu meticulosamente preservada pela Historic Charleston Foundation para permanecer o mais autêntica possível. E tive a sorte de ser guiada por ela em um passeio pelo tempo e tecido cultural de Charleston através dos jardins, salões, varandas, pátios, pinturas e objetos dessa casa única. Comece sua visita à cidade por aqui. Depois, atravesse uma alameda florida, vire à direita e perambule pelos corredores do Charleston Museum (1773), considerado o "Primeiro Museu da América”, com a história, os costumes, a arquitetura e o modo de vida da Carolina do Sul. Já o Gibbes Museum of Art é um museu no distrito histórico da cidade, com exibições contemporâneas filtradas pela luz tênue que se esparrama através das grandes janelas e ilumina o belo acervo exibido no edifício Beaux Arts. Esse trio cultural é essencial para se conhecer a história de Charleston. historiccharleston.org | charlestonmuseum.org | gibbesmuseum.org

Skyline de Charleston

GPS
Duas ruas são importantes para você andar pela cidade: a Meeting Street com os principais museus, mercados (City Market), igrejas e galerias; e a King Street e suas transversais (como a Wenthworth Street), que exibem o melhor do comércio local, com boutiques como a Worthwhile (moda avant garde e objetos de design alojados em um edifício do século 19, o McIntosh Seed House, com uma curadoria sensacional) e a Candlefish (aromas, bitters, objetos, acessórios, velas feitas à mão, com direito a biblioteca de aromas e décor fresh), que fica bem em frente ao Hotel Renaissance, no distrito histórico de Charleston. Ambas são viciantes. Controle-se! candlefish.com | shopworthwhile.com

 

Preciosidades líquidas
Destilarias, cervejarias, bares, pubs e rooftop bars fazem a fama líquida de Charleston. 

Cooper River e Revelry Brewing Co
Cerveja é coisa séria em Charleston, com mais de uma dúzia de breweries artesanais: a Cooper River e a Revelry Brewing Co são algumas das mais bacanas. Experimentei ótimas drafts no rooftop bar da Revelry, que lota nos fins de tarde com uma turma bonita, música e clima supercool. cooperriverbrewing.com | revelrybrewingco.com


The Gin Joint e Gastropub Prohibition
The Gin Joint, no French Quarter, é um bar famoso pelos gins. No Gastropub Prohibition peça o Aged 547 Manhattan e divirta-se com a banda de soul e rock. theginjoint.com | prohibitioncharleston.com


Charleston Distilling Co
Quase mergulhei no tonel de gim da Charleston Distilling Co, destilaria artesanal de vodca, gim, whiskey e bourbon com grãos selecionados. Você faz um tour com degustação. Kevin, um dos distillers, conta que, devido ao calor de Charleston, os destilados perdem de 8 a 10% do líquido ao ano pela evaporação, a chamada angel share... afinal, os santos e espíritos merecem. charlestondistilling.com

The Darling Oyster Bar: pela vidraça se vê o raw bar recheado de ostras e frutos do mar superfrescos

No céu da boca
Prepare-se, você não vai resistir aos clássicos regionais e frutos do mar em interpretações tradicionais e modernas. 


Revival
Novidade na cena gastronômica da cidade. Os pratos tradicionais/modernos do festejado chef Forrest Parker surpreendem. Ele revive ingredientes e receitas regionais sulistas e os transforma em delícias, como a sopa de caranguejo original de Charleston, com amontillado sherry, ou a lagosta na manteiga com camarão, caranguejo e aioli negro. Fica no Hotel The Vendue, no French Quarter. revivalcharleston.com


The Darling Oyster Bar
Pela vidraça se vê o raw bar recheado de ostras e frutos do mar superfrescos. O longo balcão com banquetas, o mood vintage do décor e o sorriso dos garçons, que parecem se divertir ao escolher e preparar alguns dos melhores pratos da cidade, são irresistíveis. Sente-se, peça um coquetel – sugiro o bubbly com orange bitter, Lillet Royale – e comece lentamente a sua noite pelo plateau com seis tipos de ostra, uma melhor que a outra. Fica ao lado da Charleston Distilling Co. Faça o programa duplo. thedarling.com


1Kept
Esse bar/restô dentro do Renaissance Charleston é tudo de bom. Peça o Shrimp and Grits (o prato mais famoso do sul, com flocos de milho, linguiça, camarão e molho cajun) e acompanhe com uma cerveja draft local. 1kept.com


Husk
Eu queria muito conhecer o principal restô do chef Sean Brock (ganhador do James Beard Award). Ali, o chef executivo Travis Grimes e sua equipe fazem mágica com ingredientes como caranguejo, porco, bacon, tomates fritos, milho, arroz, pêssego, picles de blueberries, smoked bourbon, honey butter, frango, crawfish, peras, pato, peixe... A carta privilegia vinhos de pequenos produtores, mas tem espaço para grandes rótulos europeus. Aliás, todos os pratos do cardápio têm sugestão específica de vinho para acompanhar. Guarde espaço para as sobremesas matadoras, como a torta de café, caramelo e sorvete de donuts, ou se entregue à seleção de queijos do Sul. Fica alojado em um belo casarão com interior contemporâneo e exterior histórico. huskrestaurant.com

Décor supercool do Renaissance Charleston Historic District Hotel

Hotel-boutique de charme
Renaissance Charleston Historic District Hotel 
Quando você coloca os pés no lobby com décor supercool, já sente que este hotel-boutique é o lugar para se hospedar com charme e localização certeira na cidade. Bom gosto e arte permeiam cada detalhe dos espaços. Tudo fica ainda melhor quando você se depara com o concierge de experiências e o hypado restô/bar 1KEPT. O hype continua no delicioso quarto com sacada e moodboard artsy sobre a cama de sonho, banheiro com amenidades Aveda e uma paleta de cores profundas e relaxantes. Refresque-se na piscina e curta dias de pura felicidade.

 

No ar
Voo certeiro 
Embarquei com a American Airlines para Charleston via Miami, e voltei via Dallas. Conexões rápidas, lounges e sono de primeira na executiva e na econômica premium.

 

* Juliana A. Saad - Lifestyle, luxo e arte são os temas preferidos da jornalista, que escreve, fotografa e desenvolve conteúdo exclusivo para publicações do Brasil e do exterior. A jornalista assina a coluna Tudo de Mais Novo e Cool Around the World, na The Traveller. 

0 Comentário