Compartilhe
facebook twitter gplus mail

Bienal de Veneza 2017: seis meses de pura arte

23/03/2017

A tradicional Bienal de Veneza já tem data marcada para sua nova edição. Entre os dias 13 de maio e 26 de novembro de 2017, a 57ª edição estará aberta ao público na cidade italiana com a curadoria inédita da francesa Christine Macel, curadora-chefe do Centre Pompidou. Intitulada de VIVA ARTE VIVA, a exibição contará com 120 artistas convidados de 51 países, sendo que 103 deles estão participando pela primeira vez.

 

Dividida em nove pavilhões, cada um deles representa um capítulo da história contada. Planejada para ser um canal de diálogo aberto entre artistas e o público, a Bienal ainda ressalta a ideia do potencial neo-humanístico.

VIVA ARTE VIVA também busca uma energia nova, já que foca em jovens artistas, redescobrindo aqueles que faleceram cedo demais ou os que ainda não são conhecidos pelo mundo da arte apesar da importância de seus trabalhos. Mostrando-se cada vez mais diversa, a exibição contará com a presença de 87 nacionalidades, incluindo artistas de Antígua e Barbuda, Kiribati, Nigéria e Cazaquistão, países que participarão do evento pela primeira vez.

Além da Bienal em si, esta edição contará com uma série de eventos simultâneos promovidos por instituições sem fins lucrativos, que apresentarão suas obras e iniciativas em Veneza.

0 Comentário

Comentários com conteúdo impróprio e/ou spam poderão ser removidos.