Compartilhe
facebook twitter gplus mail

Projetos paisagísticos icônicos

04/04/2017

A história conta que os primeiros jardins datam de 10 mil anos a.C. De lá pra cá, desde os Jardins da Babilônia, o que antes era apenas uma forma de proteger as plantações da ação dos animais passou a incorporar contornos artísticos, dando origem às modernas formas de paisagismo que conhecemos hoje. Os jardins ornamentais da Ásia espalharam-se pela Europa e, com o advento das primeiras civilizações, a beleza se pôs a serviço dos olhos e da alma.

Em tempos modernos, durante o Renascimento, a Itália inventou moda em suas vilas ornamentadas e grandes praças exteriores influenciando desde o estilo clássico francês, com paisagismo rigidamente projetado – os jardins do Palácio de Versailles projetados por André Le Nôtre ainda hoje são um grande exemplo – até os jardins ingleses, que privilegiam
as formas orgânicas e naturais.

Diversos hotéis pelo mundo incorporam nas suas propriedades um cuidado extremo com o paisagismo, valorizando ainda mais o ambiente em que estão inseridos. Na Riviera Francesa, o Grand-Hôtel du Cap-Ferrat, na Cidade do Caco, o Belmond Mount Nelson Hotel e, em Marrakech o Mandarin Oriental possuem projetos com jardins que já se tornaram icônicos, cheios de inspiração.

Em todos os estilos, incluindo os contemporâneos jardins urbanos em parques públicos nas Américas e na Europa, e mesmo com o uso das recentes tecnologias, dois itens são fundamentais – o talento impresso pelas mãos do homem e a delicadeza no manejo da natureza.

Jardins do hotel Mandarin Oriental, em Marrakech
O projeto paisagístico do Belmond Mount Nelson Hotel, na Cidade do Cabo
0 Comentário

Comentários com conteúdo impróprio e/ou spam poderão ser removidos.

Onde ficar em Marrakech